Leia a Bíblia

Leia a Bíblia

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

O transbordar de um coração

Paizinho querido, hoje quero agradecer pelo seu amor, fidelidade e misericórdia.
Tenho aprendido que servir ao Senhor é estar debaixo de uma grande proteção, Seu amor tem sustentado minha vida e suprido minhas necessidades. Mesmo passando por momentos de dificuldades, sei que posso confiar no teu cuidado. Aprendi que tudo o que acontece comigo, acontece porque o Senhor tem um propósito, até os momentos maus que passo, as aflições, angústias... Sei que estás no controle. Compreendo que o Senhor é Deus que abre e fecha as portas, as muitas dificuldades tem feito com que eu cresça espiritualmente, quando penso em tudo isso, lembro-me de quando Moisés foi enviado à libertar o povo de Israel que estava cativo no Egito (Êxodo), a sua palavra diz que o Senhor o enviou, deu poder para fazer sinais e prodígios. Mas... Também diz que o Senhor mesmo, endureceu o coração de Faraó para que não libertasse o povo, acredito que Moisés naquele momento deva ter ficado muito confuso, no entanto, posso observar nesta passagem, que o Senhor, além de estar aperfeiçoando Moisés, ensinando-o a confiar na sua provisão, o Senhor estava usando todo aquele momento, para manifestar a sua glória no meio do povo, afim de que O conhecessem e soubessem quem é O GRANDE EU SOU.
Paizinho, tenho aprendido também que TODAS as coisas cooperam para o bem dos que O amam (Romanos 08), por isso sei que o mal não será estabelecido em minha vida, por que...

• Sou coberta pelo sangue precioso de Jesus Cristo;
• Habito no esconderijo do Altíssimo;
• Sou protegida como a menina dos olhos de Deus;
• O Senhor me AMA.

Amado Deus, por tudo que tu és quero agradecer, louvar, adorar e glorificar o teu santo nome. Contigo sei que sou mais que vencedora, a tua presença é tudo que preciso e mesmo quando tenho que passar pelo “vale da sombra e da morte” posso sentir a tua “paz que excede todo entendimento”.
Louvado e engrandecido seja o teu Nome que é sobre todos os nomes, porque um dia me aceitou e resgatou a minha alma.

Recebe Senhor a minha gratidão, por que...

O meu louvor é fruto do meu amor por Ti Jesus,
De lábios que confessam o Teu nome.
É fruto da Tua graça e da paz que encontro em Ti,
E do Teu espírito que habita em mim...
Ainda que as trevas venham me cercar,
Ainda que os montes desabem sobre mim
Meus lábios não se fecharão,
Pra sempre hei de Te louvar!
Ainda que cadeias venham me prender,
Ainda que os homens se levantem contra mim
Meus lábios não se fecharão,
Pra sempre hei de Te louvar!
(Vencedores Por Cristo – O meu louvor)

Amados, nosso Deus é justo e fiel. Seremos mulheres e homens segundo o coração de Deus, “se” tivermos um coração quebrantado, arrependido e voltado para Ele. (Salmo 32)
Toda glória, honra, louvor e adoração seja ao nome do Senhor nosso Deus, o Rei dos reis e Senhor dos senhores.

Lenilsen Nascimento

P.S.: Tive a honra de postar este texto no blog elizeueamigos do meu maninho Elizeu Pinheiro dia 02/12/2010

sábado, 8 de outubro de 2011

O que governa sua vida?


Acredito que todo ser humano tenha em sua vida algo que lhe é precioso. Para uns pode ser a família, para outros o trabalho, os amigos, o futebol, o carro, os imóveis, enfim, cada pessoa atribui valores as “coisas” que mais lhe importam.
Então pergunto novamente: “O que governa sua vida?” O dinheiro, o trabalho... Você sabe para qual propósito foi criado? Você está preparado para a eternidade? É isso mesmo, vida eterna! Não acredita!? Pense bem heim!
Jesus contou uma parábola da qual eu gosto muito, pois traz uma reflexão bastante importante, ela se encontra no evangelho de Lucas cap. 12: 16-21 -  “Propôs-lhes então uma parábola, dizendo: O campo de um homem rico produzira com abundância; e ele arrazoava consigo, dizendo: Que farei? Pois não tenho onde recolher os meus frutos. Disse então: Farei isto: derribarei os meus celeiros e edificarei outros maiores, e ali recolherei todos os meus cereais e os meus bens; e direi à minha alma: Alma, tens em depósito muitos bens para muitos anos; descansa, come, bebe, regala-te. Mas Deus lhe disse: Insensato, esta noite te pedirão a tua alma; e o que tens preparado, para quem será?”
Analisando mais profundamente, vemos que não são somente os bens materiais que, não raramente, nos governam, este homem tinha sentimentos que perturbavam sua alma, por exemplo, a ganância, o medo de não ter provisão para o dia seguinte! Muitas vezes, como este homem, somos governados por sentimentos que nos matam aos poucos como o ódio, a inveja, o medo, a culpa, a soberba, o materialismo, e muitos outros. A palavra de Deus nos diz que: “O ressentimento mata o insensato, e a inveja destrói o tolo.” (Jó 5:2)
O rei Salomão em toda sua sabedoria, diante de tudo que tinha observado em sua vida e apesar de toda riqueza que Deus lhe dera, disse: “A soberba precede a ruína, e a altivez do espírito precede a queda. Melhor é ser humilde de espírito com os mansos, do que repartir o despojo com os soberbos. O que atenta prudentemente para a palavra achará o bem, e o que confia no SENHOR será bem-aventurado.” (Prov. 16:18-20) “É melhor um bocado seco, e com ele a tranquilidade, do que a casa cheia de iguarias e com desavença.” (Prov. 17:1) Salomão tinha tudo o que o dinheiro podia comprar, mesmo assim ele fez observações importantes sobre onde o amor ao dinheiro pode levar o ser humano e como tudo aqui é passageiro,  vaidade e aflição de espírito.
Então, o que governa sua vida? Para que propósito foi criado? E quanto a eternidade?
Aprendo na palavra de Deus que fui criada para o louvor da glória d’Ele e que o Senhor me projetou à Sua imagem e semelhança. Não pertenço a este mundo e nem as coisas deste mundo me pertencem, o Senhor é muito claro quando diz: “Minha é a terra e toda sua plenitude, o mundo e tudo o que nele habita”. E mesmo assim, sendo Senhor e dono de todas as coisas Ele nos ama e diz que somos geração eleita, sacerdócio real, nação santa, povo adquirido...
Amigos, entendamos que este mundo não é o nosso lar, tudo aqui é temporário, nossa vida é curta e frágil, só Deus é eterno e só Jesus pode nos garantir uma eternidade com o Pai, se escolhermos viver do nosso jeito, sem compromisso com o Senhor, seremos seus inimigos, pois Ele diz que a amizade com o mundo é inimizade para com Ele.
O que escolhermos para nos governar aqui trará consequências para toda a eternidade.

Oração...

“Faze-me conhecer, SENHOR, o meu fim e a medida dos meus dias qual é, para que eu sinta quanto sou frágil. Eis que fizeste os meus dias como a palmos; o tempo da minha vida é como nada diante de ti; na verdade, todo homem, por mais firme que esteja, é totalmente vaidade. Na verdade, todo homem anda numa vã aparência; na verdade, em vão se inquietam; amontoam riquezas, e não sabem quem as levará. Agora, pois, SENHOR, que espero eu? A minha esperança está em ti.” Amém! (Salmos 39:4-7)

Lenilsen Nascimento
  
Usadas as versões Almeida Corrigida e Revisada Fiel e a Nova Versão Internacional.