Leia a Bíblia

Leia a Bíblia

quinta-feira, 10 de outubro de 2013

A caminhada continua...


Todos ficamos “perdidos” por algum tempo e em algum momento da vida. Isso não significa que perdemos a base, o alicerce, apenas que estamos frágeis demais para tomar decisões importantes. Nesses momentos parece que a fé se foi, quase nada faz sentido e até quando conversamos com Deus sentimos um vazio tão grande que pensamos não estar sendo ouvidos, então vem o “medo” de não estar crendo o suficiente.
Mas o que é crer o suficiente!?
Sabemos que “A fé é o firme fundamento das coisas que se esperam e a prova das coisas que não se veem.” (Hebreus 11:01) E é interessante quando a Palavra de Deus nos afirma que a fé é um dom (I Coríntios 12) e como todo dom, ela é dada por Deus. Então penso que, quando Deus nos concede o dom de crer (no invisível, no impossível...), Ele está dizendo: “_ Sou Eu quem dou! É graça, é favor, ninguém merece!” Então começamos a pensar como chegamos a este estágio de “descrença”, e percebemos que o pavor de não crer está nos levando a uma busca maior e mais minuciosa por Deus e pela sua presença, porque sem essa presença sabemos que nada somos, e como o rei Davi, percebemos que é necessário falar, dizer tudo que estamos sentindo, tudo que nos aflige, colocar nossas angústias e ansiedades nas mãos do Senhor, e parar de achar que somos algum tipo de ser “sobrenatural” que consegue cuidar e resolver tudo com nossa própria força.
Ah! E quando começamos a raciocinar com sabedoria, a sabedoria que vem do nosso Deus, percebemos que estava faltando diálogo. Sabe, somos hipócritas, muitas vezes, porque chamamos Deus de Pai, Jesus de Amigo e o Espírito Santo de Consolador, mas nos esquecemos de estreitar relacionamento, conhecer melhor o Deus e Senhor da nossa vida.
E lembrando da postagem anterior a esta – “Prossiga...” – quando escrevi: “Quando tudo parece perder o sentido, o melhor é buscá-lO. Na realidade, o bom mesmo é estar com Ele quando elaboramos nossos planos, quando nossas passadas ainda estão firmes e nossos objetivos nos parecem claros e bem definidos. Sabe por quê? Porque se a vida nos surpreender, o Espírito Santo já estará por perto para nos consolar, fortalecer e nos fazer ver que não viemos a este mundo, nem O servimos com o coração voltado para promessas de uma vida cheia de privilégios, mas para tomar a nossa cruz e segui-lO.”
E aí, nos pegamos, pela graça e misericórdia do Senhor, dormindo e acordando com uma oração muito eficaz que o Espírito Santo nos traz à memória...
...“Cria em mim ó Deus um coração puro e renova em mim um espírito inabalável. Não me lances fora da Tua presença e não retires de mim o teu Espírito Santo. Torna a dar-me a alegria da Tua salvação e sustém-me com espírito voluntário. Então ensinarei aos transgressores os Teus caminhos e os pecadores se converterão a Ti.”
(Salmo 51: 10-13)


E em seu grande amor, bondade, graça, misericórdia... Ele vem e nos renova. Renova nossa mente, nossa fé, nossa alegria...
Os problemas!?
Ah! Eles continuam!
Mas com uma diferença. Estão novamente postos nas mãos do Senhor Jesus que nos disse: “Vinde a mim todos os que estais cansados e oprimidos, e Eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim que sou manso e humilde de coração, e encontrareis descanso para vossas almas. Porque o meu jugo é suave e meu fardo é leve.” (Mateus 11:28-30)
Então...
A caminhada continua.
Sabe por quê?
Porque... “Grandes coisas o Senhor tem feito por nós...” Aleluia!!!

Graça e paz meus amados irmãos!
Sejam cheios da doce e inigualável presença do Espírito Santo. Amém!


Lenilsen Nascimento